Você achou que íamos esquecer essa lista de filmes de terror LGBT para você maratonar nesse mês em que o Halloween é celebrado? Jamais! listamos aqui a lista do NewNowNext com filmes muito conceituais e deliciosos para ver juntinho com seu crush. Tem lançamento, clássicos, serial killers e fantasmas asiáticos. BABADO!

Hellbent (2004)

O filme de terror gay do diretor Paul Etheredge-Ouzts apresenta um assassino sem camisa que usa uma máscara de diabo segurando uma foice afiada enquanto persegue gays em WeHo no Halloween (credo). Depois de presenciar uma cena de uma decapitação horrível, Eddie (Dylan Fergus), um jovem policial e seus três amigos Joey (Hank Harris), Tobey (Matt Phillips) e Chaz (Andrew Levitas) acabam como alvos do assassino ( Luke Weaver), que os segue enquanto eles bebem, dançam, flertam e tentam transar (oi?). Assista aqui.

The Blue Hour (2015)

O que inicialmente parecia um romance tailandês entre o estudante gay intimidado Tam (Attaphan Poonsawas) e Phum (Oabnithi Wiwattanawarang), outro adolescente com quem ele se junta em uma piscina abandonada, evolui para uma história de fantasmas lenta e cheia de terror. Lindamente fotografado e atmosférico, este filme vai te irritar e assusta (muito). Assista aqui.

Knife+Heart (2018)

Fãs do ultra-sangrento dos anos 1970, o trabalho erótico mais hitchcockiano de Brian De Palma (Dressed to Kill, Body Double) e William Friedkin’s Cruising recebem uma homenagem LGBT no conto do diretor francês Yann Gonzalez sobre um produtor pornô gay (Vanessa Paradis) cujo elenco e colaboradores estão sendo assassinados por um serial killer com – o que mais? – um vibrador de lâmina elástica afiada. Assista aqui.

What Keeps You Alive (2018)

Aqueles ansiosos por mais ação lésbica enquanto esperam pela 4ª temporada de Killing Eve podem se contentar com esse filme. O thriller sinuoso e sombrio de sobrevivência do escritor e produtor Spiral Colin Minihan mostra um casal, Jules (Brittany Allen) e Jackie (Hannah Emily Anderson), comemorando seu aniversário de um ano na idílica cabana da família na floresta. Mas a dupla é lançada em uma luta violenta e terrível pela sobrevivência depois que a velha amiga de Jackie, Sarah (Martha MacIsaac) aparece. Assista na Netflix.

Midnight Kiss (2019)

Carter Smith, um fotógrafo de moda gay causou estranheza em 2006 com um curta homoerótico sobre um estudante do ensino médio que cai em um círculo sinistro de valentões e uma horrível adaptação de 2008 do romance de Scott Smith sobre plantas comedoras de carne. No ano passado, Carter deu um toque gay aos filmes de terror para a série do Hulu, “Into The Dark”, sobre um grupo de amigos passando o feriado em uma casa em Palm Springs enquanto um assassino com roupas de fetiche os pega um por um.

Spiral (2020)

O juiz da Drag Race do Canadá, Jeffrey Bowyer-Chapman, trabalha seu talento dramático neste assustador “thriller social” dos anos 90 sobre um casal gay e sua filha adolescente – Mailk (Bowyer-Chapman), Aaron (Ari Cohen) e Kayla ( Jennifer Laporte) – que se mudou para um subúrbio chamado Rusty Creek. Sofrendo assédio de um vizinho que critica homossexuais, Malik fica ligado nos sinais de que seus vizinhos incomumente amigáveis ​​podem ser membros de um culto sobrenatural diabólico.

Filmes de terror LGBT não são raros

Ano passado demos essa lista com 12 filmes de terror LGBT para você curtir, a lista contém algumas séries bem famosas e prova que os filmes LGBTQ não são apenas sobre romance e corações partidos. Dá uma conferida!