O portal Hornet fez um levantamento detalhado de cinco cenas de relações homoafetivas que já rolaram em Game Of Thrones, a série medieval de sucesso da HBO.

Ainda que as cenas de relacionamento hétero sejam a grande maioria em todas as temporadas e muito mais explícitas, é possível reconhecer inclusão e representatividade, principalmente em uma obra que retrata um tempo onde relações homoafetivas eram absolutamente escondidas e invisibilizadas, nem um pouco discutidas ou inseridas na sociedade como começamos a lidar hoje em dia.

Portanto, alertando antecipadamente aqui possíveis Spoilers caso você não tenha assistido toda a série, confira as cinco cenas que agradam tanto gays, quanto lésbicas e até bissexuais:

Bem no começo da série (Temporada 1, Episódio 2), Daenerys, que é casada com o governante Khal Drogo, pede a sua criada, Doreah, que lhe ensine dicas para agradar seu marido na cama. As duas, é claro, acabam se envolvendo além dos conselhos. Ainda que a cena não seja explícita, é clara a tensão sexual entre ambas.

No episódio 7 da temporada 1, Petyr Littlefinger Baelish cuida de um bordel onde já rolou essa cena quente acima entre Ros e Armeca Brothel.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Já no trecho acima vemos finalmente uma cena de sexo gay masculina entre Ser Loras Tyrell e seu amante semi-secreto, o rei Renly Baratheon. Infelizmente o clima é quebrado quando Loras lembra a Renly que, como rei, ele deveria se ocupar em se relacionar com a rainha Margaery, garantindo seus herdeiros legítimos ao trono. A cena acontece na Temporada 2, episódio 3.

Na temporada 4, episódio 3, a série vai além e mostra uma orgia bissexual entre o gerente de bordel Olyvar, Oberyn e sua esposa Ellaria. Durante a relação Oberyn até explica sua bissexualidade, quando diz: “Quando se trata de amor, não escolho os lados”, uma frase que ficou eternizada por fãs bissexuais de Game Of Thrones.

Na temporada 5, episódio 1, podemos ver uma cena que não é exatamente de sexo, mas pós-sexo. Nela, Loras e Olyvar conversam pouco antes de saírem, nús na cama, até que chega Margaery para interrompê-los

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).