O novo drama romântico gay “45 dias sem você”, escrito e dirigido por Rafael Gomes e produzido pelos mesmos produtores do premiado longa LGBT “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho”, tem estreia prometida para 16 de maio nos cinemas e nas plataformas digitais simultaneamente.

Filmado com recursos próprios em cinco países (Inglaterra, França, Portugal, Argentina e Brasil), “45 dias sem você” conta a história de Rafael, um jovem que espera 45 dias por um amor que não retorna. Para curar seu coração partido, ele decide exilar‐se de si mesmo e parte rumo a três diferentes destinos.

Em três capítulos, vemos o protagonista conviver com amigos que, por motivos diversos, abandonaram o mundo em que viviam: Júlia na Inglaterra, Fábio em Portugal e Mayara na Argentina. 

Cena de “45 Dias Sem Você”

“O roteiro é todo baseado em acontecimentos verdadeiros. A gente diz que os personagens são documentais porque são mesmo: a Julia, o Fábio e a Mayara de fato moravam nas cidades em que eles aparecem no filme. As casas, os amigos, os lugares que frequentam, tudo é de verdade, e ao mesmo tempo tudo é autoficção. Eu queria fazer um filme de sentimentos e um filme de viagens, dois ‘gêneros’, por assim dizer, que eu acho que a cinematografia brasileira explora pouco. Além de ter um protagonista gay sem que isso seja uma questão, o que também acontece menos do que deveria na nossa produção audiovisual”, comenta o diretor. 

O longa-metragem foi selecionado para os festivais Cinema Diverse: The Palm Springs LGBTQ Film Festival 2018, OUTShine Film Festival 2018, San Antonio QFest – LGBT International Film Festival 2018, para a Mostra Competitiva de Longas-Metragens do Festival Mix Brasil (2018) e para o encerramento do Curta Santos 2018.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Assista ao trailer:

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).