O novo reboot de Power Rangers promete apresentar um equipe reconfigurada e com algumas novidades. O novo time deve mostrar um novo personagem abertamente gay da franquia, que vai vir como o ranger azul.

As informações são do site We Got This Covered, que também divulgou o interesse o estúdio responsável pelo filme, Paramount, em escalar uma mulher para viver o ranger vermelho.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Caso se concretize, o ranger azul ser o segundo personagem LGBT+ da franquia. Ao lado dele estará a ranger amarela, do filme de 2017, quando a personagem demonstrou ter dúvidas sobre a sua sexualidade.

Na época, o diretor do filme, Dean Israelite, comentou que “Para Trini [ranger amarela], ela realmente está se questionando sobre quem é. Ela ainda não entendeu muito bem o que está acontecendo, é o que eu acho ótimo na cena e no que ela vai propiciar para o restante do filme é: ‘Está tudo bem’. O filme está dizendo: ‘Tudo bem’ para todas as crianças que estão tentando entender quem são”.

VEJA TAMBÉM:  Elenco de Queer As Folk se reúne 18 anos após a série; veja como eles estão

A escolha pelo ranger azul viver esse papel também parece ser uma homenagem a David Yost, o ranger azul original, que precisou deixar o programa devido ao bullying homofóbico que sofria da produção.

Quando veio a público que a ranger amarela seria LGBT+ nos filmes, o ator comentou que “claro que fiquei muito feliz e empolgado que produtores e o diretor assumiram isso e se dispuseram a representar a comunidade LGBT. Faz sentido quando você pensa sobre isso, já que Trini vai questionar sua sexualidade na angústia que é a adolescência. Estou ansioso para ver o resultado de como isso vai acontecer”.