Na madrugada do dia 1º de janeiro, Madonna surpreendeu os fãs surgindo de surpresa no bar LGBT de Nova Iorque (EUA), o famoso Stonewall Inn. Sua aparição ocorreu porque ela é embaixadora das comemorações dos 50 anos da Revolta da Stonewall, movimento que deu origem a luta pelos Direitos LGBT no mundo.

Bar LGBT “Stonewall Inn” em Nova Iorque, nos Estados Unidos.




A diva fez um belo e emocionado discurso assim que subiu no palco, o qual dizia:

“Eu estou aqui, orgulhosamente, no lugar onde o orgulho começou, o lendário Stonewall Inn, no nascimento de um novo ano. Nos reunimos hoje à noite para celebrar 50 anos de revolução. Nunca vamos nos esquecer dos motins de Stonewall e daqueles que se levantaram e disseram “BASTA”. Meio século depois, Stonewall se tornou um momento decisivo e um ponto crítico na história.


Assista também:


Se realmente nos dermos um tempo para nos conhecermos, descobriremos que todos nós sagramos da mesma cor. Todos precisamos amar e ser amados. Vamos nos lembrar de quem e o que é essa luta – de nós mesmos, um pelo outro. Mas, verdadeiramente e ainda mais importante, pelo que estamos lutando? Vamos levar um minuto para refletir sobre como podemos levar mais amor e paz para 2019, vamos ver como podemos fazer atos aleatórios de bondade. Talvez possamos encontrar uma abertura para levar luz. Você está pronto para fazer isso? ”

A cantora teve a companhia de seu filho, David Banda, de 13 anos, e juntos cantaram seu sucesso ‘Like a Prayer’ e “Can’t Help Falling in Love”, de Elvis Presley.

‘Eu passei pelo selvagem…No camarim de Stonewall Inn. 2019 chegou com um estouro”, escreveu na legenda de uma das fotos que compartilhou em seu perfil oficial no Instagram sobre o momento.

No próximo dia 30 de junho deste ano, irá ocorrer a WORLD PRIDE em Nova Iorque, justamente para comemorar meio século da Revolta de Stonewall, a qual é considerada o marco contemporânea na luta pelos direitos LGBTs.

Maikon Stefan
Amante do teatro, tv e de Harry Potter, formado em Técnico em Administração e Bacharel em Ciência e Tecnologia (UNIFESP-SJC). Atualmente cursa Engenharia de Materiais (UNIFESP-SJC). Também foi Presidente da Empresa Júnior (Ectm Jr). "Me chama pra causar que eu vou".