Lady Gaga fez um discurso incrível e empoderador para comemorar o aniversário de 50 anos do Stonewall. 

Falando a uma multidão, a cantora disse: “Esta comunidade lutou e continua a travar uma guerra de aceitação, uma guerra de tolerância e tem uma bravura implacável. Vocês são a definição de coragem”.

Em um segundo momento, Lady Gaga falou da falta de aceitação aos bissexuais, a letra B da sigla LGBT, na qual ela mesma se inclui:  “Para algumas pessoas, eu não posso ser considerada parte dessa comunidade, embora eu goste de garotas”.

Em seu longo discurso, Gaga também fez referência a como os ataques contra pessoas trans estão aumentando com a visibilidade desta luta e saída cada vez mais precoce e frequente destas pessoas do armário: ”Dizem que aqueles que jogaram o primeiro tijolo naquela noite histórica de Stonewall eram trans. Também nos encontramos em um momento em que os ataques contra a comunidade trans estão em níveis inaceitáveis. Não podemos tolerar isso!”, disse ela.

Outras celebridades a falarem no mesmo evento foram Alicia Keys, Donatella Versace, Conchita Wurst e Whoopi Goldberg.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Conchita pediu mais espaços LGBTQ, dizendo: “O Stonewall é o símbolo máximo de um espaço seguro. Devemos continuar criando espaços mais seguros para as pessoas LGBT. ”

Já Donatella afirmou: “Quando olho para todos vocês, vejo o mundo como deveria e como pode ser. Um mundo onde nós celebramos um ao outro … onde nós abraçamos e honramos o legado do nosso passado para fortalecer nosso futuro. ”

No entanto, falando à Billboard , a chefe da GLAAD, Sarah Kate Ellis, enfatizou o quanto mais precisava ser feito. “É um momento para olhar para o futuro – o que está em nossa agenda, o que ainda temos que fazer”, disse ela.

“Há 11 mulheres trans de cor que foram assassinadas este ano – não há imprensa sobre isso agora. Ainda podemos ser demitidos em mais da metade dos estados dos Estados Unidos, submetidos a terapias de conversão, negados a moradia e ainda criminalizados em 70 países ao redor do mundo.

“Temos um longo caminho a percorrer, mas este é um momento para pausar e celebrar.”

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).