Na última terça-feira (14), o Ministério do Interior da França, divulgou um comunicado onde denuncia que, apenas no ano passado, houve um aumento de 1.378 casos de agressões conta LGBTs no país, motivados por intolerância.

Além disso, o grupo francês de direitos humanos SOS Homophobia também declarou em comunicado público que, nos últimos três anos, os ataques e crimes motivados por ódio aumentaram contra à comunidade LGBT do país.

Entretanto, as autoridades afirmam que, o aumento, também pode ter sido atribuído ao fato de que, com os direitos civis conquistados pela comunidade na França, a disposição em denunciar os casos aumentou.

Em contrapartida, grupos ligados aos direitos de pessoas LGBTs afirmam que muitas vítimas ainda permanecem caladas. Pois, caso todos denunciassem, os números seriam ainda maiores.