No mês marcado pelo Dia Internacional do Orgulho LGBTI+, que neste ano relembra os 50 anos da Revolta de StoneWall, a cidade vai receber pela primeira vez um evento que vai discutir a diversidade sexual e de gêneros a partir de uma perspectiva ecumênica, inter-religiosa e latino-americana.

O 1º Congresso Igrejas e Comunidade LGBTI+ vai acontecer durante os dias 19 a 23 de junho, na Paróquia da Santíssima Trindade da Igreja Episcopal
Anglicana em São Paulo. As mesas e oficinas de diversos temas como saúde, políticas públicas, política, inclusão, arte, entre outros, vão reunir lideranças políticas e religiosas, movimentos sociais e defesa dos direitos humanos, pessoas que pesquisam ou são interessadas na relação entre espiritualidade e questões LGBTI+.

“É um Congresso para troca, para diálogo, para novos aprendizados, para análise conjuntural e para o fortalecimento de rede de apoio entre igrejas na perspectivas de serem acolhedores que promulgam a fé com respeito e compromisso com a laicidade do Estado”, disse Valéria Vilhena, do coletivo Evangélicas pela Igualdade de Gênero (EIG) ao site Brasil de Fato.

Na mesma entrevista o pastor Átila Augusto, da Igreja Neopentecostal Comunidade Cristã Nova Esperança da Vila Mariana, destacou a importância da abertura de diálogo diante de um cenário mais conservador da política e da sociedade. “A igreja é o reflexo da sociedade, no sentido que, dentro da igreja, tem todos os tipos de pessoas. O Brasil continua sendo homofóbico, preconceituoso e que não progrediu como a gente pensou que tinha progredido. Tudo isso vai para dentro da igreja. Os assuntos que serão tratados no Congresso têm a função de quebrar paradigmas e de auxiliar na ponte, na possibilidade dessa família que vai na igreja e que tem um filho gay, negro, anão ou índio – pessoas que estão à margem – poder discutir com mais facilidade esses assuntos”, disse o pastor.

O evento se encerra com o desfile de um bloco de religiosos pela diversidade na Parada do Orgulho LGBTI+ no dia 23 de junho.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O congresso é um esforço coletivo de diversas organizações. As inscrições estão abertas e custam R$ 50 como forma de colaborar com bolsas para pessoas que gostariam de ir mas não tem recursos financeiros. Além disso foi criada uma vaquinha virtual para colaboração com essas bolsas.

Serviço:
1º Congresso Igrejas e Comunidade LGBTI+
Local: Paróquia da Santíssima Trindade (São Paulo)
Dias: 19 a 23 de junho de 2019
Informações: igrejasecomunidades.com.br