O YouTuber e crítico de cinema Chris Stuckmann – que possui quase dois milhões de inscritos em seu canal – saiu do armário em seu último vídeo, no qual detalhou suas experiências anteriores como Testemunha de Jeová.

“Eu sou pansexual”, ele admitiu no final do clipe de 56 minutos. “Se você não sabe o que é pansexualidade, essencialmente você se sente atraído por todos os gêneros, e esse sou eu”.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

A esposa do YouTuber por seis anos, Sam Liz, deu-lhe as boas-vindas ao saber de sua sexualidade. “Quando contei isso à minha esposa, ela foi acolhedora”, disse ele. “Ela é demi-pan e então ela ficou muito animada. Na verdade, isso tornou nosso relacionamento ainda melhor e mais aberto”.

Demi-pansexual combina pansexual e demissexual, o que significa que a pessoa pode ser sexualmente atraída por qualquer gênero, mas é incapaz de sentir atração a menos que haja uma conexão emocional profunda.

VEJA TAMBÉM:  Em vídeo, Carlinhos Maia pede namorado em casamento

Segundo o Gay Times, o YouTuber também acusou a religião de ser um culto opressor, dizendo que o forçaram a apagar sua identidade sexual e a parar de fazer filmes. Isso lhe causou anos de abuso emocional e depressão. Ele recebeu muitos elogios pelo poderoso vídeo, comentando mais tarde que a resposta foi “avassaladora” e o ajudou a “curar” suas feridas do passado.

“Eu não posso dizer o quanto significa para mim que vocês entenderam”, escreveu Stuckmann. “Eu estava ansioso para discutir essas coisas, mas estou muito feliz em saber que muitos fãs assistem ao canal e realmente espero que este vídeo lembre você de que você não está sozinho. Qualquer um aí com medo de sair do armário, eu vejo você. Eu te ajudo. Muito obrigado a todos”.