Mais uma atleta LGBT saiu do armário, colaborando cada vez mais para o fim da LGBTfobia no meio esportivo, um assunto muitas vezes ainda tão velado. Yanic Duplessis é um jogador de hóquei canadense de 17 anos que se tornou ainda mais notável agora. Ele acaba de contar para todo time e torcida que é um homem gay.

Duplessis, que joga pelo time Drummondville Voltigeurs da Quebec Major Junior Hockey League, disse que espera que, ao abordar publicamente sua sexualidade, possa ajudar a desestigmatizar o fato de ser gay entre os jogadores de hóquei, o que ainda é um tabu para muitos.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:
Yanic Dupelssis ao centro com seu time de hóquei. (Foto: FamilleDuplessis)
Yanic Duplessis ao centro com seu time de hóquei. (Foto: FamilleDuplessis)

“Foi uma luta para mim e não deveria ser”, disse ele sobre sua decisão em uma entrevista para a CBC, acrescentando: “Isso não deveria ser nada de mais”.

Embora ele descreva o hóquei como “um esporte viril e masculiuno”, Duplessis revelou que recebeu muito apoio do time e da torcida, incluindo um tweet do ex-NHL e atual jogador do Quebec MNA, Enrico Ciccone.

“O atleta Yanic Duplessis teve coragem e dignidade de falar sobre sua sexualidade publicamente! Parabéns, Yanic! Isso não é só um passo adiante pra você, mas para todos os outros”, disse Ciccone em seu tweet.

VEJA TAMBÉM:  Nickelodeon (finalmente!) tira Bob Esponja do armário

A NHL também compartilhou apoio ao atleta do hóquei, em seu Facebook, escrevendo “#HockeyIsForEveryone”.

Yanic Duplessis hopes to inspire the hockey community by coming out. 🏳️‍🌈 #HockeyIsForEveryone(Quote via Craig Eagles)

Posted by NHL on Wednesday, September 16, 2020

“Só quero contar minha história porque se alguém passar pelo mesmo, quero ajudar! Mesmo que seja uma só pessoa”, destaca o post da NHL mostrando uma fala do atleta gay de 17 anos.

Mais perto de casa e ainda mais significativo, os companheiros de equipe de Duplessis abraçaram totalmente sua decisão.

Duplessis contou como um colega de equipe foi particularmente mais afetado: “Ele voltou pra casa e começou a chorar e me disse ‘Eu não sabia que você estava passando por isso sozinho, e você deveria ter nos contado.’”

Enquanto Duplessis relata ter ouvido homofobias no vestiário antes de se assumir, ele espera que sua atitude ajude isso a mudar: “Se eles soubessem que eu era gay, tenho certeza que não teriam dito coisas que disseram”.

VEJA TAMBÉM:  10 Famosos que saíram do armário em 2017

Duplessis esteve por várias semanas em contato com o ex-jogador profissional Brock McGillis, que em 2016 se tornou o primeiro jogador de hóquei profissional a se revelar gay publicamente.

“Sempre fico um pouco hesitante quando alguém opta por se destacar na cultura do hóquei masculino e na cultura do esporte em geral, especialmente em uma idade jovem … porque estou preocupado sobre como eles serão tratados no jogo”, disse McGillis.

“Fiquei tão feliz”, relembrou McGillis sobre o que sentiu depois de ver tanto apoio que Duplessis recebeu. “A maior lição é: quando humanizamos as questões para as pessoas, elas frequentemente se manifestam. À medida que humanizamos, podemos educar e causar impacto.”

Seja bem vindo ao vale Duplessis! E parabéns por fazer deste um momento histórico que vai tornar a vida das próximas gerações LGBTs no esporte, menos difícil que a sua.

VEJA TAMBÉM:  Atleta trans é impedida de jogar vôlei em torneio no Paraná
Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).