Uma mulher trans, um homem gay e seu amigo foram brutalmente agredidos na Palestina por um grupo de homofóbicos, além de serem chutados e empurrados para dentro de um carro antes de serem roubados.

No último dia 3 de dezembro, Sammy, uma mulher trans, estava na Cisjordânia para comparecer a uma consulta médica no bairro noroeste de Kafr ‘Aqab com dois amigos quando os agressores partiram pra cima deles vindo de uma área próxima.

Atacando o trio, os agressores danificaram o carro, deixando as portas amassadas e ainda assaltaram os três, levando 52.000 shekels.

Enquanto isso, policiais palestinos supostamente “ficaram ociosos” e não fizeram nada, de acordo com a denúncia de um ativista LGBT que ajudou o trio.

Imagens horríveis capturaram os quatro homens golpeando o homem gay, empurrando-o contra o capô de um carro, chutando e cotovelando na cabeça. Eles continuam a espancá-lo enquanto o levam por uma rua e rapidamente o prenderam em outro veículo.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Outro trecho do vídeo mostra Sammy sendo forçada a entrar em um dos carros do palestino, chutando-a com força pelas costas.

O carro do trio ficou com amassos na lataria e cacos de vidro espalhados por dentro de janelas quebradas. 

Chega em um momento em que a comunidade queer está no limite depois que as autoridades palestinas ameaçaram “reprimir” reivindicações por direitos LGBTs na Cisjordânia.

Se tiver estômago, assista aos vídeos abaixo publicados nas redes sociais:

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).