Até mesmo em países onde ser LGBT já é muito mais tranquilo e as ocorrências de violência homofóbica são muito menores que no Brasil, por exemplo, ser LGBT ainda pode ser um risco eventualmente… infelizmente!

Na noite da última sexta-feira, em Valência, na Espanha, dois rapazes italianos, Luca e Andrea, foram espancados por um grupo de seis homofóbicos quando saíam de uma boate LGBT.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Luca tentou defender Andrea do grupo que partiu pra cima dele primeiramente e o bando então acabou atingindo os dois com chutes, socos e ofensas homofóbicas.

Uma das vítimas postou o resultado das agressões em seu corpo em seus Stories do Instagram, o que também correu a Internet:

Foi Luca quem relatou o incidente em seu perfil do Instagram com a ajuda de Fabrizio Marrazzo, porta-voz do Gay Center.

Marrazzo disse ao jornal a Unione Sarda: “Na noite de sexta-feira à noite em Valência, na saída de uma discoteca gay, dois italianos foram atacados aos gritos de “Bichas”. 

VEJA TAMBÉM:  Câmera de segurança flagra momento da agressão a um jovem gay em Goiás

Um vídeo amador que registrou a agressão viralizou nas redes sociais do país sendo postado por vários perfis:

A mídia local relata que outro casal estrangeiro também quase foi atacado pelo mesmo grupo, mas felizmente conseguiu escapar de táxi do bando.

Na Espanha, a homofobia é crime desde 1995. A polícia espanhola abriu uma investigação para identificar os agressores.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).