A ministra de Direitos Humanos do governo de Bolsonaro, pastora Damares Alves, foi embora contrariada de uma loja do Brasília Shopping.

Isso porque o vendedor, Thiego Amorim, a questionou se ela era menino ou menina, uma vez que estava vestindo roupa azul.

Na última semana, Damares causou polêmica ao exclamar em seu evento de posse, que com o novo governo de Bolsonaro e sua nomeação aos direitos humanos, inicia-se uma nova era no Brasil, onde menino veste azul e menina veste rosa.

Assista abaixo ao vídeo de mais um mico de Damares Alves, postado pelo próprio perfil da empresa parabenizando o vendedor:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).