Definitivamente o mundo está mudando. Até mesmo em um campo de refugiados do Quênia já é possível ouvir falar em diversidade.
Cerca de 200 pessoas organizaram a primeira Parada LGBT do campo de refugiados de Kakuma, no Quênia, que aconteceu no último dia 16 de junho.

Autoridades do governo queniano e representantes da ONU também marcaram presença no evento que incluiu também um desfile de moda trans.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Os cerca de 200 refugiados vivem no campo e vem principalmente de Uganda, fugindo principalmente por viverem em lugares onde homossexualidade ou transexualidade é crime.

Mbazira Moses, do grupo de defesa Rainbow Flag Kakuma organizou o evento e é um refugiado. Moisés enfrentou ameaças e homofobia na preparação para as celebrações do Orgulho.

VEJA TAMBÉM:  Casal gay é agredido por andar de mãos dadas ao voltar de Parada LGBT de Miami

Veja também:


À imprensa, ele afirmou ter orgulho de como tudo aconteceu, embora alguns espectadores tenham torcido o nariz e até ameaçado partir para agressão contra o grupo. Felizmente apenas ameaças.

Confira algumas fotos abaixo:

[masterslider id=”4″]

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).