No Dia Internacional da Visibilidade Trans, comemorado ontem (31), o Clube de Regatas Vasco da Gama anunciou que os sócios do clube poderão utilizar os nomes sociais nas carteirinhas de identificação. O clube acredita que as medidas podem colaborar com o combate à transfobia nos estádios.

A nova política foi desenvolvida pelo política Departamento de Responsabilidade Social e História do Clube em parceria com a a Vice-Presidência de Comunicação (Secretaria). O clube pretende defender a inclusão,  e os direitos sociais, algo habitual na história do Vasco da Gama.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:
Vasco libera nome social em carteirinha para torcedores trans
Clube libera nome social em carteirinha para torcedores trans

Na última semana, as redes sociais do time carioca prestaram uma homenagem ao Dia Nacional do Orgulho Gay. Além da política anunciada, o Cruz-Maltino projeta lançar uma camiseta em apoio às causas da comunidade LGBTQIA+. Confira a nota oficial do Clube de Regatas Vasco da Gama:

No Dia Internacional da Visibilidade Trans, o Vasco da Gama chama atenção para a possibilidade de associados trans poderem utilizar seus nomes sociais na carteirinha de sócio do Clube, em qualquer modalidade (sócio-torcedor ou estatutário).
O Vasco lançará algumas ações para que cada vez mais pessoas trans, e a comunidade LGBTQIA+ no geral, façam parte de sua história, que sempre foi inclusiva.
Este movimento faz parte da criação de uma política perene que tem sido desenvolvida pelo Departamento de Responsabilidade Social e História do Clube, desta vez em parceria com a Vice-Presidência de Comunicação (Secretaria).