Um marco para a comunidade trans do Juazeiro do Norte, na região metropolitana do Cariri, do Ceará; é a conquista pelo direito de uso do Nome Social para transexuais e travestis. O evento (Trans)formar é resistir, que acontece na próxima terça-feira, 29, marca o lançamento da campanha que garante o direito ao uso do Nome Social a pessoas trans e travestis em repartições públicas municipais. A conquista celebrará um marco dos direitos humanos na região!

O dia 29 de Janeiro é comemorado o Dia da Visibilidade Trans (Travestis e pessoas trans). Este dia surgiu em janeiro de 2004, no Governo Lula, por conta do lançamento da Campanha Nacional “Travesti e Respeito”, do Ministério da Saúde. Nesse dia, representantes da Articulação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra) estiveram no Congresso Nacional, em Brasília, para lançar nacionalmente a campanha.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O (Trans)formar é resistir, evento que celebra o Dia da Visibilidade Trans é organizado pelo Conselho Municipal dos Direitos LGBT, vinculado a Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte, onde a mesma segue os parâmetros do decreto presidencial Nº 8.727, de 28 de abril de 2016, que dispõem sobre o uso social e o reconhecimento da identidade de gênero de pessoas transexuais e travestis.

VEJA TAMBÉM:  Vem aí a Black Friday! Se prepare para um consumo consciente | Direitos LGBT

O evento (Trans)formar é resistir será sediado na Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho (Sedest), a partir das 19h.