A realidade de pessoas trans no Brasil é extremamente dolorosa e triste, sofrendo transfobia e agressões diariamente. Layane Morelly e sua amiga, ambas cariocas, foram brutalmente espancadas por 5 homens durante 30 minutos.

Transfobia
Amigas são brutalmente agredidas (Foto: Reprodução)

No Twitter, pessoas se mobilizaram em solidariedade diante do ato de transfobia, enquanto Layane pede por ajuda através de suas redes sociais. Em um story, ela comenta: “Gente, todo mundo perguntando se estou precisando de algo. Bom, estou precisando sim, de remédios, ataduras, esparadrapos, álcool 70 e pomadas.”

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

A agressão ocorreu na praia do Recreio, Zona Oeste do Rio de Janeiro, no posto 10. A situação, em resumo, aconteceu durante um programa, onde um homem havia solicitado ficar com Layane e sua amiga, mas não iria pagar. De acordo com a vítima, o agressor se alterou e puxou uma faca.

VEJA TAMBÉM:  Dicas de segurança que todas as pessoas LGBT+ devem pensar antes de viajar

Vale ressaltar que o agressor não foi identificado e esperamos que a justiça seja feita.

Em seguida, chegaram 4 homens e começaram a espancar Layane, que, correu para a rua e suplicou ajuda a um dos motoristas da ambulância que foi solicitada para socorrer o agressor. No Instagram da vítima, ela publicou um vídeo explicando a situação toda; confira: