Em mais uma agressão provocada por quem se diz defensor de Jari Bolsonaro, a transexual Laysa Fortuna, de 25 anos, foi esfaqueada na última quinta-feira (18) no centro de Aracajú, Sergipe.

Esta é apenas mais uma notícia dentre outras dezenas de casos de violência já registrados em nome do presidenciável.

Segundo relatos de Linda Brasil, uma amiga que a socorreu, Laysa foi esfaqueada no tórax. Ela chegou a ser levada para o Hospital de Urgência de Sergipe, onde ficou internada, mas não resistiu e morreu.

O corpo de Laysa foi sepultado no cemitério João Batista na capital sergipana.

O autor do crime foi preso em flagrante, liberado logo em seguida, e preso novamente na manhã deste sábado, 20, na Praça Fausto Cardoso. Ele está detido na 4ª Delegacia Metropolitana.

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).