O jovem russo de apenas 23 anos, Ali Zabirov, tiktoker famoso em seu país e mais conhecido pelo nome artístico de Egor Gromov, foi assassinado em um possível crime de ódio.

Segundo informado pelo Daily Star, seu corpo foi encontrado no apartamento de um conhecido, deitado de bruços sobre um travesseiro no último dia 2 de agosto. Lacerações no corpo e hematomas no pescoço indicaram que um agressor desconhecido o espancou e estrangulou até a morte.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

No momento, a polícia em St. Petersberg, na Rússia, suspeita que o proprietário do apartamento que denunciou o crime também possa ter cometido o assassinato. Segundo o depoimento do dono do apartamento, Zabriov tinha ido a sua casa na noite anterior para pedir dinheiro emprestado e passar a noite. Na manhã seguinte, ele descobriu o corpo de Zabriov e suspeitou que ele pudesse ter morrido de overdose de drogas. O proprietário do apartamento então notificou a polícia.

@gromov20

Доброе утро🥱☺️😽 #tiktok #рекомендации #рек

♬ Звук для рекомендаций – _queen_292

“Eu tentei acordá-lo”, disse o proprietário do apartamento ao 5-TV News. “Eu mesmo chamei a polícia. O que eu poderia fazer? Se eu soubesse que ele iria morrer aqui, eu o deixaria entrar ou o quê? “

A aplicação da lei, por outro lado, tem uma teoria alternativa em mente. A polícia especula que Zabriov pode ter chegado nele, depois que os dois beberam, e que o proprietário do apartamento teve uma reação violenta e brutal à investida. A polícia prendeu de maneira preventiva o proprietário do apartamento sob suspeita.

Zabriov, sob seu apelido de Egor Gromov, atraiu muitos seguidores nas redes sociais e nunca escondeu o fato de ser gay. Viver uma vida autêntica na nação homofóbica da Rússia também tornou Zabriov alvo de assédio homofóbico. A polícia segue investigando o caso ainda com pouca explicação.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).