O programa “The Bachelor” é um reality show muito popular nos Estados Unidos onde homens e mulheres solteiros e héteros estão em busca do amor e de encontrar um marido ou esposa perfeitos. O sucesso do programa lá é tão grande que se tornou uma franquia e vende o formato para vários países.

E o final dessa temporada entrou para a história da TV americana com seu primeiro pedido de casamento LGBT. No final da sexta temporada de “Bachelor in Paradise” (um spin-off de The Bachelor e The Bachelorette), Demi Burnett fez o pedido a Kristian Haggerty, tornando-a a primeira vez que um casal do mesmo sexo o faz isso nos 17 anos que o programa existe.

No início da temporada, Burnett estava namorando Derek Peth, antes de revelar que estava namorando uma mulher programa antes das filmagens do programa começatem. A produção do programa não deixou isso passar e colocou Haggerty no programa e elas retomaram o relacionamento.

“Havia muitas coisas entre nós, principalmente eu e minhas próprias lutas”, disse Burnett a Haggerty enquanto ela propunha. “Como você disse, eu vim aqui para me encontrar. Mas eu me encontrei em você. Eu te amo muito e estou tão apaixonado por você. “

A ONG GLAAD elogiou o programa depois que o episódio foi ao ar. Em um e-mail para a NBC News, Anthony Ramos – chefe de talentos – disse que a história de Demi e sua jornada para “aceitar sua identidade queer” é um momento inovador para a série.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:
View this post on Instagram

My forever ❤️ #bachelorinparadise

A post shared by Demi Burnett (@demi_not_lovato) on

Ele escreveu: “Esse movimento para incluir uma relação homossexual de maneira honesta tem o poder de reverter noções preconcebidas de pessoas LGBTQ como Demi, que são atraídas por mais de um gênero”.

Veja como foi: