Em uma votação, o parlamento da Suíca acaba de aprovar pena de prisão de até 3 anos para quem discriminar pessoas em virtude de sua orientação sexual e/ou identidade de gênero.

Por 118 votos a favor e 60 contras, a medida foi aprovada com larga vantagem pelo congresso do país.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Antes de se tornar uma lei entretanto, a medida precisa ser aprovada pelo Conselho dos Estados, o que deve acontecer.

O Conciliador Nacional Mathias Reynard, que lutava pela aprovação da medida, postou em seu Twitter: “O Conselho Nacional aceitou minha iniciativa contra homofobia e transfobia! Um sucesso magnífico pelos direitos humanos! A resposta final verá em dezembro pelo Conselho dos Estados.”

Veja o post original abaixo:

Curiosamente, o casamento homoafetivo continua não sendo permitido no país.

VEJA TAMBÉM:  O STF impede de novo uma lei sobre ideologia de gênero | Direitos LGBT

Segundo o Pink News, o secretário geral da ONG Pink Cross, que milita pelos direitos LGBT na Suíça, Rene Schegg, afirmou sobre a situação: “A aprovação é bem vinda por fazer a Suíça avançar  nos rankings da Associação Internacional LGBT, onde nosso país ocupa o 22º lugar atrás da Estônia e Hungria.”

E concluiu já estabelecendo o próximo objetivo: “O foco agora é lutar pela aprovação do casamento para todos!”.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).