O estilista Ronaldo Ésper, que hoje se diz ex-gay desde que passou a frequentar a Igreja Universal do Reuno de Deus, disse acreditar em uma teoria bizarra de que o que o fez gay foi uma maldição de sua tia.

“Ela me jogou na piscina uma vez, quase me afoguei. Ela nunca gostou de mim, sempre foi homofóbica”, contou Ronaldo em entrevista ao programa Pânico.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Ele ainda afirmou que nunca gostou de ser homossexual e a culpa disso é a praga da tia: “Fui homossexual por conta desta maldição, mas nunca gostei disso. Gostava só da farra.”

Ao ser perguntado se sua declaração não colaboraria com a infelicidade de muitos ao afirmar ser possível uma cura-gay, ele deixou claro que seu caso é único: “Não quero puxar ninguém pra vir comigo para a igreja. Eu apenas senti essa necessidade e me sinto bem melhor”.

VEJA TAMBÉM:  Surtada, Antonia Fontenelle diz: "Gays e viadinhos, vão pra casa do c#ralho"; assista
Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).