A atriz Samantha Schmütz desceu de um táxi após ouvir relato homofóbico do motorista. “Gente, pelo amor de Deus, o que que está acontencendo?”, declarou Schmütz através do Instagram.

Samantha gravou o episódio em seus stories na última sexta-feira (17). Nas imagens, ela aparece no banco de trás do carro, conversando com o motorista, que diz: “dei uma coça nos dois”, relatando ter agredido um casal homossexual.

A atriz, no entanto, o questiona: “O que você fez? Você bateu nos dois caras que estavam se beijando? Meu Deus”.

Minutos depois, Schmütz, já no meio da rua, conta que pediu para descer do veículo após a história é que foi questionado pelo homem se estava agindo de tal forma por conta do relato.

“Eu falei ‘sim, estou descendo por causa dessa sua história. Por favor, pare o carro, eu não tenho como ficar aqui’. Gente, eu tô muito apavorada com falta de noção das pessoas, com o espaço do outro”, disse Samantha.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

A atriz aproveitou a ocasião para desabafar. “Gente, pelo amor de Deus, que tristeza. Por isso que a gente tem que lutar pela educação mesmo. Porque sem educação as pessoas não têm como respeitar o limite do outro, até aonde vai o seu limite. Gente, pelo amor de Deus, o que que está acontencendo?”, disse.

Mais tarde, Samantha postou um vídeo usando o filtro de realidade aumentada que a deixou com a aparência mais velha e brincou: “Como vocês podem ver, envelheci uns 80 anos com esses episódios de ódio de hoje”.

Ela aproveitou a ocasião para lembrar do Dia Internacional Contra a LGBTfobia, comemorado no dia 17.

Ainda indignada, a atriz continuou com uma mensagem de conscientização:

“Pois bem! Aí, eu te pergunto: E se esse cara que bateu no casal gay estivesse armado, como querem liberar agora, as armas? Num momento de cegueira, e se ele dá um tiro e mata? E se ele não sabe atirar direito e você que está do lado, não tinha nada a ver com isso, não estava beijando ninguém, e toma um tiro? Bom, é isso. Fica aqui registrada a minha indignação. Principalmente hoje que é um dia de combate à homofobia. Pelo menos eu combati. O cara sentiu no bolso. Ele ganhou menos dinheiro porque eu desci do táxi.”

Samantha Schmütz finalizou a série de stories sobre o episódio com um recado. “Quem não se posiciona contra [a LGBTfobia] está a favor”, completou.

Para ver os stories na íntegra, clique aqui.