O atleta destaque do atletismo e medalhista olímpico norte-americano, Kerron Clement, acaba de sair do armário.

O bicampeão olímpico, que conquistou ouro na equipe de 4 × 400 metros em 2008 e ouro nos obstáculos de 400 metros em 2016, disse que estava “cansado de amar no escuro” ao se abrir sobre sua sexualidade.

A revelação veio enquanto ele comemorava a contribuição da Nike para uma nova faixa arco-íris em um evento da marca em Los Angeles.

“Eu estava escondendo essa parte de mim por causa do que a sociedade pensava”, disse Kerron à Outsports.

E continuou: “Mas não há problema em ser assim. Nada está errado em amar alguém do mesmo sexo. Amor é amor. Eu tenho uma atração pelos homens. É quem eu sou e foi o que me fez ser o atleta que sou hoje”.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Ele ainda ressaltou a importância de pararmos de pensar no que vão achar da gente: “As pessoas devem aprender a dizer ‘foda-se o que todo mundo pensa.’ À medida que envelheci, comecei a me importar cada vez menos, e agora com 30 e poucos anos pensei que era hora de finalmente ser livre. Simples assim”.

Kerron disse que passou por  provocações e comentários negativos sobre sua sexualidade, mas isso apenas o levou a alcançar o sucesso na corrida:  “Aprecio os momentos difíceis que passei quando as pessoas zombavam de mim. Isso me fortaleceu”, disse ele.

E explicou: “Quando eles disseram coisas nas minhas costas, isso me fez ter uma pele dura e uma espinha dorsal, e me fez trabalhar duro na pista. E eu me apresentei muitas vezes porque tinha algo a provar. Foi isso que me tornou campeão olímpico.”

Além de campeão olímpico, o americano de Trinidad e Tobago também detinha o recorde mundial do sprint interno de 400 metros até 2018. Embora ele se identifique como gay, Kerron diz que não gosta de colocar um rótulo em seu amor.

“É sobre amar alguém. Eu poderia ser atraído por uma mulher um dia ou um cara. Estou mais atraído pelos homens. Mas para mim amor é amor. Não importa “, disse ele.

Em um post no Instagram, Kerron disse que a resposta foi “esmagadora” e que ele espera que sua jornada de saída possa inspirar outras pessoas a fazer o mesmo. 

“Vocês são maravilhosos. O que traz alegria ao meu coração é que minha história pode ajudar e mudar a vida de alguém. Vamos inspirar o mundo!”, disse ele.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).