Em uma postagem nas redes sociais, Justin Lacko, do reality Love Island, saiu do armário e contou ser LGBT+. “Não vou mais mentir dentro de mim. Eu quero liberdade para ser livre. Eu me respeito por dizer isso. Eu me amo e sempre amarei”, escreveu na publicação.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Não estou dizendo que sou gay. Hoje eu me apaixono por uma pessoa e não por um sexo. Eu amo mulheres e homens, é isso”, comenta Justin. Ele finalizando afirmando que “Gay, bi, hétero seja quem você é. Eu não me importo e ninguém mais deveria ligar”.

A publicação no feed foi deletada e no lugar dela o artista subiu um quadro escuro, com um emoji de “paz”. 

View this post on Instagram

✌🏼

A post shared by JUSTIN (@justinlacko) on

O modelo de 29 anos, que está esperando seu primeiro filho com a ex-namorada Anita Barone-Scott, ganhou fama na Austrália quando era um participante na “Love Island Australia” e depois apareceu na edição do país de “I’m a Celebrity… Get Me Out of Here!”.

Durante o programa, Justin revelou que não estava conversando com a avó, pois ela havia sugerido que ele poderia ser gay. “Eu mantive um rancor com a minha avó. Eu digo ‘oi’ para ela quando a vejo no Natal, mas é isso. Ela disse algo como: ‘Acho que é hora de admitirmos que Justin é gay e está no armário. Ele nunca leva meninas para casa’”, relata.

Lacko disse que ficou ferido pelos comentários de sua avó. “A sexualidade de alguém não é da sua conta. Não acho que seja da conta de ninguém, a menos que eu mesmo decida dizer”, afirma.

Matéria feita com informações do site PinkNews.