Após dez anos de sua participação Big Brother Brasil 10, o influenciador digital Serginho Orgastic (30 anos) declarou que atualmente se identifica como não-binário, ou seja: nem do gênero masculino, nem do feminino.

Serginho é conhecido por seu estilo excêntrico e por usar roupas consideradas femininas. O influenciador revelou ao site Observatório da Televisão que gosta de se olhar no espelho e ver uma ambiguidade de gênero.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Sou adepto ao visual andrógino, gosto dessa ambiguidade visual do masculino e feminino, transito bastante nesse meio. Não quero ser mulher, digamos que não me vejo como garoto, nem garota. Sou um menino gay com visual feminino. É apenas meu estilo”, relata.

“Me expresso bastante visualmente, me considero em processo de arte, uma incógnita artista. Roupa não tem gênero, as pessoas que rotulam isso. Penso como mulher, como homem, como criança, como velho, sou uma pessoa complexa e ao mesmo tempo sou tudo em todos”, completa.

VEJA TAMBÉM:  Carta de garoto gay que se assumiu para os pais que não o aceitaram viraliza na web; leia

Em outro momento, Serginho disse que na época que participou no reality já se identificava dessa forma, mas preferiu polir sua imagem, para que as pessoas pudessem conhecer sua “essência” e não o julgar imediatamente pela aparência. “Não quis mostrar para as pessoas meu visual, quis mostrar minha essência primeiro. Depois que elas me conheceram pude voltar a ser quem eu sou”, declara.

Ele lembrou que o BBB possui o estereótipo de revelar ‘gostosões’ e ‘gostosonas’ e afirmou ter sido o ‘gay diferente’ da história do reality. “O único com visual extravagante, personalidade mais extravagante ainda, o que é muito bacana pra mim”, disse o ex-brother.