Sara Ramirez, estrela da série Grey’s Anatomy, saiu do armário como não-binárie na última quinta-feira (27) em um post em seu Instagram.

Ramirez, que interpretou Callie Torres na série médica da ABC, também atualizou sua biografia na rede social se descrevendo como “humano não binário”. Ela também avisa que os pronomes para se referir a ela podem ser “ela” / “elu” (usa-se “she” / “they” em inglês).

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Na foto, Sara veste uma camiseta roxa com decote em V e brincos triangulares e diz na legenda: “Em mim está a capacidade de ser: menino, menina, menino afeminado, menina masculinizada, tudo e nenhum”. Os fãs de Ramirez, que se revelou bissexual em 2016, ficaram absolutamente eufóricos com a notícia.

Interpretando uma personagem que se revelou bissexual para seu pai em 2009, durante a quinta temporada de Grey’s Anatomy, Sara Ramirez abriu caminho para incontáveis ​​personagens bissexuais nas séries de TV.

Sete anos depois, Ramirez revelou publicamente que é bi, bem na época do massacre na boate Pulse. Na ocasião, ela disse: “Me assumir publicamente era algo que eu temia porque me preocupava o quanto isso afetaria minha carreira de forma negativa”.

Tempos depois, Ramirez disse em entrevista que não se arrependeu da decisão: “Ter me assumido publicamente me deu uma sensação de alívio. É uma forma de liberação para mim possuir todas as minhas identidades, de modo que não sinto mais a necessidade de conter ou esconder qualquer parte de mim”.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).