Reynaldo Gianecchini volta a falar de sua sexualidade e novamente redefine sua orientação que, antes, era bissexual. Em entrevista recente à agência EFE, o ator falou que está mais próximo da pansexualidade e que apesar de se considerar reservado nesse assunto, diz que não se considera gay, e que o “rótulo” com o qual mais se identifica é o de pansexual.

“Nunca quis levantar nenhuma bandeira. Acredito na liberdade de ser o que cada um quiser ser. Todo mundo tem muitos lados dentro de si mesmo e que a sexualidade reflete muito isso. Não tenho medo de olhar além. Eu não me encaixo em nenhuma definição”, afirmou Reynaldo Gianecchini.

Para o ator, apesar de afirmarem que ele seja gay, ele não se considera assim. “Eu me considero tudo ao mesmo tempo. Se existir uma palavra para mim, então é ‘pan’ (pansexual), porque ‘pan’ é tudo”.

Este ano Reynaldo Gianecchini já havia comentado o assunto: “Eu reconheço todas as partes dentro de mim: o homem, a mulher, o gay, o hétero, o bissexual, a criança e o velho. Como dentro de todo mundo. Não consigo encaixar minha sexualidade em uma gaveta, porque a sexualidade é o canal da vida e a minha sexualidade não cabe em uma gaveta”.

Em sua primeira saída do armário, o galã disse: “Não assumi que sou gay. Falei que sou tudo. Que é muito amplo, que cabe tudo dentro de mim, que não me encaixo em nenhuma gaveta. É uma atitude política falar isso hoje em dia. A sociedade é muito careta. O Brasil é um país preconceituoso, racista e reprimido”.