A polícia de Nova York prendeu um homem de 26 anos por agredir um rapaz no bairro de Jackson Heights. O ataque aconteceu na manhã do último domingo (13). A vítima alega que foi atacado por se recusar a fazer sexo oral.

Jelani Stewart enfrenta acusações de assalto e roubo pelo crime. A vítima, identificada apenas como “Carlos”, diz que o ataque ocorreu quando ele estava voltando da casa de um amigo. Segundo ele, ao passar por Stewart, o rapaz se aproximou e fez uma proposta de sexo, ao qual recusou. Stewart então se tornou violento.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Quando olhei para trás, ele estava segurando o pênis e dizendo: ‘Você quer isso?’, Não prestei atenção“, lembrou Carlos em entrevista à GSN.

Quando me virei pela segunda vez, ele disse: ‘Você quer chupar meu pau?’ Eu disse: ‘Não.’” Stewart então começou a bater na cabeça de Carlos e tentou forçá-lo a realizar o ato sexual. O homem também teria roubado o celular e a mochila dele.

VEJA TAMBÉM:  Casal gay é espancado por 10 adolescentes com barras de ferro na França

Carlos então correu e pediu ajuda de um motorista. Enquanto ele tentava escapar, o ataque continuou.

Ele sabia que o cara estava me roubando“, conta Carlos. “Então, quando cheguei no carro, ele me chutou e eu caí. Quando eu caí, ele continuou me batendo nas costas e me chutando nas costas. O cara no carro abriu a janela e disse algo, mas o homem disse que eu estava tentando roubá-lo, como se ele fosse a vítima“.

Outra pessoa que estava passando na rua no momento do ataque ligou para a polícia. Carlos então conseguiu escapar pela rua até uma van da polícia que se aproximava. Ele rapidamente contou aos policiais o que estava acontecendo.

Stewart foi preso nas proximidades do local do ataque e com o celular de Carlos em mãos. A polícia ainda segue com as investigações para tentar encontrar a mochila do rapaz.

VEJA TAMBÉM:  Médicos inventam nova ferramenta pra conseguir tirar consolo de 23 cm de paciente

Estou machucado agora, mas preciso trabalhar“, diz Carlos. “Fora isso, eu estaria no hospital. Eu tenho dor nas costas, dor de estômago … meu nariz, meus olhos, meus ouvidos, minha cabeça. Tomei um remédio para dor. .. Eu realmente quero ver essa pessoa na cadeia.

Carlos sofreu uma lesão durante o ocorrido, mas conseguiu voltar ao trabalho no dia seguinte.