Pelo visto, homem de saia em 2020 está longe de ser apenas escocês ou alemão… Milhares de estudantes espanhóis compareceram na última quarta-feira, 4 de novembro, às suas escolas vestindo saia. A ação foi um protesto espontâneo em solidariedade a um aluno punido por ir à escola usando a peça.

Segundo informou o Actualidad, a história viralizou depois de um vídeo-denúncia no TikTok de Mikel, um adolescente que vive no norte da Espanha e decidiu ir à escola – que não tinha uniforme definido – de saia. Acontece que por conta disso sua professora o expulsou da sala e o encaminhou ao psicólogo da escola.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O curioso é que ao mesmo tempo e que ela o reprimiu só pela roupa que usava, a docente também questionou antes se ele se identificava com o gênero feminino, talvez em uma tentativa de evitar um crime de transfobia, apesar do machismo na sua ignorância.

VEJA TAMBÉM:  Alunos se chocam ao descobrir que professor é ator pornô gay

Mas Mikel – independente da peça de roupa que use – é um garoto e se identifica como um: “Não visto nenhum gênero e, se tiver que usar, sou um cara!”, contou ele em um desabafo publicado no qual explica o acontecido e ressalta que vestiu saia simplesmente porque tinha vontade.

Veja abaixo sua denúncia no Tiktok após o ocorrido:

@mikelgmz

No me daba tiempo a contarlo todo☠️#parati

♬ original sound – Mikel Gómez

Mesmo assim, Mikel acabou sendo punido pela direção da escola. Aí que, indignados com a decisão, alunos se reuniram e decidiram todos irem de saia para a escola no dia seguinte.

Estudantes apoiam garoto que foi punido por usar saia. (Foto: Reprodução / Tiktok)
Estudantes apoiam garoto que foi punido por usar saia. (Foto: Reprodução / Tiktok)

A história viralizou na Espanha e em diversas instituições, jovens – LGBTs e também heterossexuais, dentre meninas e meninos – compareceram às suas escolas usando a mesma vestimenta em apoio à Mikel.

Veja abaixo um dos vídeos mostrando vários estudantes em apoio a Mikel:

@xxn12xx

@mikelgmz 🤩 #4n #4noviembre #falda #fypシ #paratii

♬ because it hurts – 🧃

O assunto chegou a ser o 4º mais comentado do país nas redes sociais na última semana. Milhares de mensagens de apoio foram postadas lembrando que roupa não tem gênero e esta é uma luta pela liberdade de se ser e usar o que lhe fizer sentir confortável, lutando contra estereótipos de gênero e atitudes machistas que ainda tanto acontecem na sociedade em 2020.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).