O promotor Henrique Limongi, de Santa Catarina, está proibido de realizar casamentos.

Isso porque, até hoje em 2020, ele se recusava a seguir a lei quando se tratava de um casal homoafetivo querendo oficializar sua união.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Em diversas ocasiões, Henrique Limongi se recusava a casar casais de gays ou lésbicas sob justificativa de “prestigiar apenas a união estável ou entidade familiar se esta for composta por um homem e mulher’, em suas palavras. Algo totalmente inconstitucional em um país onde o casamento homoafetivo já é reconhecido legalmente desde 2013.

O impedimento da função de Limongi é resultado de uma ação da Ordem dos Advogados do Brasil de Santa Catarina, segundo matéria do Guia Gay SP.

O corregedor nacional do MP, Rinaldo Reis Lima, determinou o impedimento, atribuindo para a 14ª Promotoria de Justiça da Capital a responsabilidade de realizar as uniões, tirando a decisão das mãos de Henrique, que é da 13ª Promotoria da Capital.

VEJA TAMBÉM:  Sem doações, ONG Casa 1 (que recebe LGBTs expulsos de casa) deve fechar; SAIBA COMO AJUDAR

“Nossa comissão foi incansável e não mediu esforços para findar obstáculos à vontade de cidadãos que somente buscam valer direitos já assegurados. Esta é uma vitória da OAB/SC, é uma vitória da cidadania”, disse Rafael Horn, presidente da OAB/SC sobre o fato.

A advogada Margareth Hernandes, que também foi um dos nomes fundamentais na luta contra Henrique Limongi, comemorou: “Vitória! Após muita luta da nossa comissão, desde 2013, finalmente as atribuições de habilitação de casamento foram retiradas da 13ª Promotoria da Capital. Agora a Comunidade LGBT de Florianópolis terá seu direito assegurado e vamos casar sim! O amor venceu”.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).