Um professor americano chamado Peter Vlaming acabou sendo demitido da escola onde dava aula por se recusar a tratar um aluno, que recentemente passou por transição de gênero, no masculino.

O professor alegou à ABC News que não trataria o estudante no masculino por isso ir contra suas crenças religiosas: “Evito usar o nome e artigos que apontem para o gênero, mas me recuso a tratar no masculino alguém que nasceu no sexo feminino”, afirmou.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Ao ser desrespeitado em seu gênero, o aluno buscou a direção da escola, que já havia manifestado apoio a ele quando se deu sua transição de gênero e então foi convocada uma reunião para que todos os docentes soubessem da situação do aluno e passassem a tratá-lo em seu novo nome e gênero.

(continua abaixo)

Veja também:

Como Peter mesmo após a chamada de atenção da direção continuou se recusando a tratar o rapaz no masculino, não restou outra alternativa: a escola o demitiu.

VEJA TAMBÉM:  Ação pede que Sikêra Jr pague R$ 300 mil em indenização por LGBTfobia

Em sua defesa o professor afirmou que respeita todos os alunos (oi?), mas não poderia ferir sua fé.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).