Começou ontem (5) mais mais uma edição da CCXP e quem passou pelo evento pode ter percebido que neste ano as coisas estavam mais coloridas que o normal. Além de todos os artistas LGBTQ+ que estão expondo seus trabalhos na Artists’ Alley, teve também show de Pabllo Vittar, banheiro sem gênero e muito close.

A surpresa com a presença da representatividade se dá pelo fato de o evento ser voltado para o público geek que, infelizmente, é bastante conhecido pelo machismo e LGBTQfobia. A publicitária Geovana Moura disse que ficou feliz em ver o ambiente mais inclusivo. “Apesar do universo nerd estar se posicionando cada vez mais contra a LGBTQfobia, a gente ainda consegue perceber que tem muita coisa para mudar. Por isso, chegar aqui, em um evento como esse e encontrar tanta representatividade é muito bom. Dá até um alívio”, contou a jovem que está participando do evento pela primeira vez.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

A Disney, que ocupa grande parte da CCXP com seu stand gigante, levou a drag queen Pabllo Vittar para fazer um pocket show no espaço da Rádio Disney. Em poucos minutos, após o anúncio da apresentação, stand foi tomado por fãs e apreciadores do nosso cristal brasileiro. A performance faz parte da jornada de divulgação do single “Amor de Que”, que está na primeira parte do terceiro álbum de estúdio de Pabllo, o 111.

Teve também Lorelay Fox apresentando artistas, lojas com produtos LGBTQ+ e mais de 95 artistas LGBTQ+ na Artists’ Alley. Hoje, no segundo dia da CCXP19, vai rolar o painel da diversidade da HBO como forma de divulgação da serie Todxs.