Não é de hoje que Titi Müller se mostra aliada da comunidade LGBT.
A apresentadora do Multishow se posiciona à favor da causa desde os tempos em que apresentava programas na MTV.

Agora, prestes a oficializar sua união com o músico Tomás Bertoni, da banda Scalene. A ruiva se mostra engajada mais uma vez ao trocar os presentes de casamento por doações para a Casa 1.

Ooi gente! A “Casa 1” é um centro de cultura e acolhimento de pessoas LGBT. Faz um trabalho incrível, já passou muitas dificuldades pra manter-se aberta e queremos fazer nossa parte. Ao invés de ganharmos 10 air fryer, vamos ajudar essa galera? A meta é meramente ilustrativa, doem uma graninha pensando naquele presente caríssimo que vocês iam dar pra gente =D“, escreveu o casal no post oficial da VaKinha que tem como meta inicial o valor de R$10 mil reais. Até agora já foram arrecadados R$7.500.

O anúncio do casamento foi feito na última quinta-feira (29). Em entrevista à revista Glamour, Titi comenta que a cerimônia será simples e contará apenas com amigos e familiares próximos ao casal.

Pensamos em algo bem simples, como ir ao cartório com 10 pessoas vestindo roupa de academia para não dar um peso para o momento (..) Vai ser zero tradicional. Não vai ter nem altar e nem cerimônia religiosa“, disse.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

A cerimônia também não incluirá troca de alianças e nem mulheres brigando por um buquê. A ideia é que todos ganhem um buquê no final, até porque, todo mundo merece ser o próximo a encontrar um amor, não é mesmo?

Para ajudar na Vakinha e contribuir para a Casa 1 é só clicar aqui