Com mais de 1 bilhão de habitantes, a Índia surpreendentemente ainda é um dos países onde ser homossexual é considerado crime.

Pois o jogo pode enfim virar. O atual presidente do congresso do país, Rahul Gandhi, acaba de prometer remover a lei 377 que criminaliza a homossexualidade no país.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:
Rahul, presidente do congresso indiano.

Em 2012, a suprema corte do país tentou fazer o mesmo alegando que se tratava de uma questão privada da vida das pessoas, mas não conseguiu. Já em 2016, o congressista Sashi Tarroor também tentou mudanças na lei 377 mas acabou impedido pelo oposicionista à medida Lok Sabha.

Rahul fez a promessa enquanto discursava em um evento ao lado da ativista trans Akkai Padmashali em Bengaluru. Ela inclusive comentou à imprensa que informalmente ele já havia declarado a ela que era a favor da remoção da lei que proíbe a homossexualidade.

VEJA TAMBÉM:  Ator Márcio Kieling pede desculpas aos LGBTs: “Tenho irmã gay e não quis ofender!”

Vamos torcer pra que não fique só na promessa e de fato Rahul consiga finalmente mudar a lei indiana que criminaliza a homossexualidade.


Veja também:

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).