O prefeito da cidade de Eusébio (Ceará), Acilon Gonçalves, demitiu o secretário municipal de cultura do local, Léo Abreu, após a prefeitura ter apoiado um espetáculo circense com temática erótica, em que ocorria um beijo gay.

Com classificação indicativa de 18 anos, o espetáculo “Erotic Circus Show”, da companhia circense Verticarte, fazia parte da 20° Convenção Brasileira de Malabares e circo. Durante um vídeo gravada nas redes sociais, o prefeito justificou a decisão, afirmando que: “Deturpações graves aconteceram, ferindo a ética, os princípios religiosos e a moral. E nós não podemos compactuar jamais com coisas deste tipo”.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

A polêmica começou após alguém que estava assistindo ao espetáculo gravar uma cena de beijo gay e o vídeo viralizar entre as pessoas da cidade. O momento não agradou ao prefeito, que optou pelo afastamento do secretário de cultura.

VEJA TAMBÉM:  “Terra sem Pecado”: Documentário mostra vivências de LGBTs indígenas

Ao site A Gazeta, o Organizador da Convenção Brasileira de Malabares e Circo, Maurício Rodrigues, afirmou que o espetáculo ocorreu em um ambiente fechado e com controle da faixa etária, além de criticar a gravação de imagens do espetáculo e sua divulgação sem a autorização da produção. Rodrigues ainda aponta que o prefeito de Eusébio agiu de forma “grotesca” ao demitir o secretária de cultura.