A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) está tentando identificar os responsáveis pela morte de duas travestis em Taguatinga Sul. Elas foram agredidas com pedaços de madeira até ficarem desacordadas. Os criminosos fugiram em um carro branco.

A chefe da Delegacia Especial de Repressão aos crimes por Discriminação Racial, Religiosa ou por Orientação Sexual ou Contra a Pessoa Idosa ou com Deficiência, Ângela Maria dos Santos, disse que a equipe local está trabalhando para investigar o caso.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Ao Correio Braziliense, ela disse precisar do apoio de testemunhas. “Pedimos para que elas e possíveis testemunhas nos procurem, pois se trata de um crime grave. Nós damos a certeza da discrição e não vamos divulgar qualquer informação sobre essas pessoas”, garantiu.

VEJA TAMBÉM:  Eleições 2018: Saiba quem são os pré-candidatos LGBT