Às sete da manhã de hoje (24), a Polícia Militar do Rio de Janeiro fez dois cordões de isolamento em volta da ONG Casa Nem para realizar o despejo do imóvel, simplesmente por se tratar de uma ocupação de um prédio abandonado há mais de 10 anos, onde hoje, LGBTs em situação de vulnerabilidade social conseguem abrigo e acolhimento.

Pra quem não sabe, Casa Nem é um centro de acolhida para pessoas LGBTs do Rio de Janeiro e que ajuda mais de 60 pessoas que não tem onde morar ou mesmo se alimentar.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Desde hoje cedo, cresce uma manifestação em frente ao local para tentar impedir a desocupação do imóvel que fica na Rua Dias da Rocha, 27, em Copacabana. Uma manifestação online também foi iniciada pela influenciadora Alina Durso através das hashtags #CasaNemViva e #CasaNemResiste no Twitter.

VEJA TAMBÉM:  Copacabana Palace realiza 1º Casamento Gay em 95 anos

O mais irônico é que, na mesma semana em que a Casa Nem recebeu certificado por produzir 12 mil máscaras para ajudar no combate ao Coronavírus para projetos sociais e moradores de rua, a polícia decidiu arbitrariamente efetuar uma ordem de despejo.

Na Internet, a ação está sendo extremamente criticada pela desumanidade: “PM brasileira merece ser queimada! Esses lixos que vestem farda só servem para alguma coisa quando são exonerados.” e “No meio de uma pandemia que já matou mais de 114mil pessoas em menos de 6 meses, mais um despejo. #CASANEMCASAVIVA”, disseram algumas @ no Twitter dentre os muitos comentários em defesa do projeto.

“Irão colocar todos os moradores da Casa Nem na rua, vocês tem noção? Quem for do rio de janeiro e puder se juntar aos manifestantes que estão resistindo e tentando impedir a desocupação!”, tuitou a influenciadora Alina Durso em pedido aos seus mais de 82 mil seguidores.

VEJA TAMBÉM:  Transexual é algemada e retirada de banheiro público feminino no Rio; assista

No Twitter, as influenciadoras Indianarae (@Indianare1) e Alina Durso (@alinadurso) estão atualizando em tempo real tudo que está acontecendo. Acompanhe abaixo:

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).