O pastor evangélico Todd Bently, da Carolina do Norte nos EUA, foi exposto no Facebook após ser denunciado por condutas impróprias. De acordo com o LGBTQ Nation, ele foi acusado de ter posturas sexuais inadequadas contra homens e mulheres.

Um antigo membro da congregação de Todd, Stephen Powell, fez algumas revelações em sua página na rede social. Nela, ele explanou uma lista de atitudes comprometedoras, como assédio, pedido de fotos íntimas e sexo fora do casamento. O rapaz ainda explica que todas essas condutas foram contra os próprios fiéis da igreja.

Um jovem que trabalhou para o templo contou que Bently ofereceu mil dólares em troca de sexo oral. Já outro homem afirmou que lhe foi ofertado cerca de US$ 500 por vídeo se masturbando. O pastor também teria enviado fotos dele e de sua esposa pelados.

Além disso, outras acusações apontaram o uso de drogas, alcoolismo e compra de serviços sexuais.

Todd usou sua página online para se defender e falar que muitas das afirmações não são verdadeiras e que muitas não são falsas, mas que tudo ficou no passado. Ele também disse que as pessoas envolvidas nas histórias já o perdoaram.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA: