Recentemente um pastor chamado Pat Robertson fez uma declaração extremamente polêmica e sem noção em um programa chamado ‘The 700 Club’, que vai ao ar desde 2013. Na declaração, o religioso alega que gays infectam outras pessoas com HIV através de anéis secretos.

Pastor Pat Robertson
Pastor Pat Robertson (Foto: Reprodução)

“Acho que a comunidade gay quer dominar as pessoas”, disse Robertson em 2013. “Eles tem um anel e você aperta a mão, e o anel tem uma coisinha onde você corta o dedo e acaba contraindo HIV” continuou o pastor, que, além disso, comparou a conspiração de sua própria cabeça à assassinato.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

A declaração foi tão polêmica, cruel e ruim que o programa acabou tirando do ar, porém, a internet conseguiu recuperar o momento exato da fala e acabou repercutindo online. Após o viral e criticas, o pastor tentou voltar atrás e disse que há anos atrás essa história dos anéis teria sido contada a ele por agentes de segurança em São Francisco.

VEJA TAMBÉM:  Presidente de Uganda diz: "gays são aberrações, mas não os perseguimos" (vídeo)

Segundo a Cocktails and Cocktalk, o pastor desviou o comentário da comunidade LGBTQI+, “De forma alguma meus comentários foram feitos como uma acusação à comunidade homossexual e aos infectados com esta doença terrível.” Declarou o religioso tentando amenizar o impacto, porém, piorando as coisas.