Enquanto o presidente LGBTfóbico da Polônia, Andrzej Duda, assumia o principal cargo político do país, parlamentares mulheres da oposição se vestiram com a bandeira LGBT+ e formaram um arco-íris em protesto.

Duda foi reeleito após uma campanha presidencial em que prometeu a proibição da adoção por casais do mesmo sexo, atacou a comunidade e comparou a “ideologia LGBT+” a algo tão “danoso” quanto a comunista.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

As pessoas LGBT + estão sob ataque na Polônia, então a aliança de oposição do país decidiu mostrar seu apoio à comunidade da melhor maneira possível. Dez deputadas apareceram formando a bandeira LGBT+, além de usarem máscara com o arco-íris. “O presidente da Polônia deve defender os direitos de todos os cidadãos”, escreveu Magda Biejat, uma das parlamentares protestantes do partido de esquerda Razem.

A ativista LGBT+ Magda Dropek, de Cracóvia, disse ao PinkNews que ficou “realmente tocada” pela exibição das deputadas em um “dia triste” para pessoas LGBT+. “Para mim, foi uma mensagem forte de que não somos deixados para trás. Eu sei que os próximos anos serão difíceis para a nossa comunidade, mas não vamos desistir”, afirmou.

Confira alguns momentos do protesto:

 

VEJA TAMBÉM:  200 estudantes protestam contra escola que tentou proibir relacionamento lésbico