Recentemente, após sair em defesa da união civil entre pessoas do mesmo sexo, o Papa foi muito bem recebido por ativistas da causa LGBTQI+, mas agora o Arcebispo – que teve uma conversa recente com o Papa – alega que a visão de Francisco sobre uniões civis é bem diferente, comparada a de advogados. As informações são do site internacional gaystarnews.

Arcebispo e Papa
reprodução: gaystarnews

Grande parte da comunidade LGBTQI+ encaram uniões civis como equivalente ao casamento. De fato, para muitos países a união civil é equiparada ao casamento, mas o Arcebispo Salvatore Cordileone afirma que declaração do Papa não pode de forma alguma ser equiparada ao casamento.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Papa fez comentários recentes em apoio a união civil em documentário

Em recente documentário, Francisco declara apoio a uniões civis, ele disse: “Os homossexuais tem o direito de fazer parte da família. Ninguém deve ser expulso ou julgado por esse motivo.” 

Mas esse comentário é rebatido de forma absurda pelo Arcebispo, dizendo que toda essa declaração não colocará casais do mesmo sexo mais próximos da igualdade.

VEJA TAMBÉM:  “Ser gay não é um pecado", afirma cardeal próximo ao Papa Francisco