No último domingo (31), o Papa Francisco corrigiu uma frase dita anteriormente, quando disse que “todo feminismo termina em um machismo de saia”. Francisco afirmou que o que quis dizer na realidade é apenas que “todo feminismo PODE correr o risco de se transformar em um machismo de saia”.

Ainda assim, a frase de Francisco, mesmo corrigida, é um tanto infeliz. Machismo é a superioridade do homem. O feminismo é apenas a igualdade entre os gêneros. O machismo mata pessoas todos os dias. O feminismo não só defende a vida da mulher como nunca matou ninguém em seu nome.

Francisco ainda tentou justificar o momento em que disse a fala mal colocada: “Foi uma frase dita em um momento de muita intensidade, quando estava escutando o testemunho de uma mulher que estava na linha que eu queria e me dirigi ao feminismo com um pouco mais de crítica”, disse o pontífice em entrevista ao La Sexta, da Espanha.

Ainda segundo informações do portal Observatorio G, na mesma ocasião o Papa ainda reconheceu que mulheres são pouco representadas na Igreja Católica: “Foi uma frase dita em um momento de muita intensidade, quando estava escutando o testemunho de uma mulher que estava na linha que eu queria e me dirigi ao feminismo com um pouco mais de crítica”, justificou durante entrevista ao canal espanhol La Sexta.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).