Em um livro que será lançado nesta semana, o Papa Francisco afirmou que homens com tendências homossexuais não deveriam ser admitidos na Igreja e ainda recomendou que padres gays deveriam abandonar de vez o sacerdócio.

A revelação foi feita em entrevista ao livro “O Poder da Vocação”, escrito pelo padre espanhol Fernando Prado.

“A questão da homossexualidade é muito séria”, afirmou Francisco. Sua santidade ainda recomendando que os responsáveis pela formação dos padres tenham mais certeza destes rapazes serem “humanos e emocionalmente maduros” antes de serem admitidos dentro da Igreja.

Francisco ainda  falou que “não há espaço” para a homossexualidade nas vidas de padres e freiras e que a Igreja deve ser “exigente” na escolha de candidatos: “Por essa razão, a Igreja pede que pessoas com essa tendência enraizada não sejam aceitas no ministério [sacerdotal] ou na vida consagrada”, afirmou.

E concluiu afirmando: “É melhor que eles deixem o sacerdócio ou a vida consagrada em vez de viver uma vida dupla”.

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).