Quando o italiano Luca Trapanese, de 41 anos, descobriu que havia uma garotinha com síndrome de Down precisando de um lar, ele fez o que qualquer italiano gay solteiro e com vontade de ser pai faria: decidiu adotá-la!

Só que na Itália, diferente do Brasil, somente casais heterossexuais casados ​​entre 18 e 45 anos podem adotar filhos. Ainda nos dias de hoje, pais solteiros só conseguem este direito em circunstâncias muito especiais.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Mas esta parecia uma circunstância mais do que especial: com apenas duas semanas de idade, Alba já havia sido rejeitada por mais de 20 famílias heterossexuais, isso sem contar sua própria mãe biológica.

Ao saber disso, Trapanese solicitou à Justiça o direito a adoção e felizmente recebeu a custódia. Embora a adoção homoafetiva não seja um direito garantido na Itália, prevaleceu o bom senso e a Justiça decidiu que Alba teria direito a ser criada com todo amor por uma família que, diferente de sua família biológica, a deseja e a ama.

VEJA TAMBÉM:  Esperma da mãe e óvulo do pai: casal trans latino comemora gravidez

Já há alguns anos vivem os três juntos: Luca, Alba e o gato de estimação, formando uma linda família.

“Quando eu a segurei em meus braços, fiquei cheio de alegria”, lembrou o pai na reportagem do portal Queerty. “Eu senti que ela era minha filha imediatamente. E eu sabia que estava pronto para ser o pai dela. Passarei o resto da minha vida com uma garota que amo e faremos muitas coisas maravilhosas juntos”, declarou o papai de primeira viagem que não esconde a felicidade em ter sua filha.

Inclusive, em suas redes sociais, são constantes as postagens de momentos felizes vividos pelos dois. Lindo, né? Veja abaixo algumas fotos e vídeos:

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).