ALERTA: GATILHO

Um garoto de apenas 17 anos teve a garganta cortada pelo seu próprio pai por ser gay. O crime aconteceu na cidade de Berna, na Suíça. A identidade do jovem foi preservada pela mídia local.

Foto: Reprodução

De acordo com o site ViralTab, o garoto estava dormindo, quando acordou com um chute do seu pai, que segurava um faca. “Você é gay?”, gritou o agressor.

O adolescente disse à mídia local que sempre escondeu a homossexualidade da família, pois eles são muçulmanos e, apesar disso, jamais imaginou que uma situação como essa poderia ocorrer.

Segundo relatos, o menino só sobreviveu após entrar em luta corporal com o pai. Depois das agressões, os vizinhos ligaram para os serviços de emergência e ele teve que ser levado de avião ao Hospital Universitário de Berna devido aos graves ferimentos na garganta, no peito, nas costas e nos braços.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Vejo os ferimentos no espelho ou quando tiro selfies. Eles vão me acompanhar pelo resto da minha vida”, contou o adolescente.

O criminoso foi preso pela polícia local após o ataque, mas ainda não se sabe quando o julgamento acontecerá.

Vale ressaltar que, na Suíça, a LGBTQfobia é crime enquadrado na Lei Antiracismo, assim como aqui no Brasil. Se comprovada a autoria, o criminoso pode pegar até três anos de prisão.