Embora muita gente pense que não, mas uma hora todos nós iremos envelhecer e isso é fato! E como todo processo de envelhecimento, na comunidade LGBT é ainda mais difícil. As marcas de uma vida vivida na invisibilidade sofrida por grande parte desse público, deixam marcar no consciente ou no inconsciente.

Dedicada justamente a dar apoio psicológico a gays, lésbicas, bissexuais ou transexuais da terceira idade, a ONG Eternamente SOU, está disponibilizando atendimento psicoterapêutico gratuitos a idosos da comunidade LGBT.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Atualmente o projeto atende uma demanda de pacientes com faixa etária acima de 50 anos, oferecendo atendimento individual ou em grupo no Centro de Cidadania LGBTI Luiz Carlos Ruas, localizado na Consolação, em São Paulo. Ao menos a princípio, o acompanhamento terá duração de dois meses, para que mais pacientes possam ser atendidos, e há a possibilidade de encaminhamento para a rede pública após esse período.

VEJA TAMBÉM:  Você quer, PM? Europa tem Associação de Policiais LGBTs desde 2004

Para se inscrever, basta entrar em contato através do e-mail [email protected] ou do telefone (11) 94783-8352.