Sanna Marin, a recém-eleita primeira-ministra da Finlândia, será a líder mais jovem do país e é filha de duas mães.

Heterossexual e hoje em dia casada e com um filho, ela foi a primeira em sua família a ir para a universidade. Criada por uma mãe em um relacionamento homoafetivo, Marin disse ao site finlandês Menaiset que sentiu que sua educação em uma família LGBT + influenciou seus valores como política.

“Para mim, as pessoas sempre foram iguais. Não é uma questão de opinião. Essa é a base de tudo”, disse.

Mas muitas vezes, crescer em um mundo onde sua família era diferente da maioria, muitas vezes a fazia sentir “invisível” com pessoas que não reconheciam sua família como família ou igual as outras.

Resultado de imagem para Sanna Marin family
Sanna Marin, o marido e seu filho.

Ela acrescentou: “Mas não fui muito intimidada. Mesmo quando eu era pequena, eu era muito sincera e teimosa. Eu não aceitava discriminação fácil!”.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

A social-democrata, de 34 anos, substituirá Antti Rinne, que renunciou na semana passada, tornando a coalizão de cinco partidos do país inteiramente liderada por mulheres.

Santa Marin é atualmente ministra dos Transportes da Finlândia, mas foi eleita  como líder do país em 8 de dezembro e fará juramento nesta semana, quando será empossada. Ela será a terceira mulher a ter o cargo de primeira-ministra na história do país nórdico.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).