A marca Diesel está sendo alvo de ira e problematização por algumas pessoas por lançar uma nova jaqueta onde se lê pichado diversas vezes a palavra “Faggot”. Em inglês, é a expressão correspondente a “Bicha!” em português.

Acontece que, no português, “Bicha!”, chegou a ter sua expressão ressignificada pela comunidade LGBT, que muitas vezes usa até carinhosamente entre si. No inglês, “Faggot” não é aceita com a mesma facilidade.

Lançada em Setembro, a jaqueta é parte da nova coleção “Diesel’s Hate Couture Range”, cuja proposta é justamente discutir através da moda, insultos e discursos de ódio que sofrem minorias da sociedade atual.

Também fazem parte da coleção outros vestuários onde se lê além de “Bicha”, “Puta”, “Gorda”, “Estranho”, entre outras expressões de ódio.

Além da rapper Nicki Minaj, a atriz Bella Thorne, foi vista usando uma peça da coleção onde se lê a palavra “Slut” (“Puta”) por toda camiseta. O ator Tommy Dorfman da série 13 Reason’s Why, que é abertamente gay, também foi visto usando a jaqueta repleta de “Faggot”, fazendo referência a ofensa que ouve constantemente em suas redes sociais.

Bella Throne usa camiseta da Diesel escrito “Slut”.

A coleção dividiu opiniões entre gente que entendeu o intuito da coleção em empoderar quem é alvo dessas ofensas e outros que acham que isso pode piorar ainda mais o estigma e favorecer as violências às quais estas pessoas são submetidas.

Veja abaixo o vídeo da campanha postado pelo próprio Tommy em seu Instagram, onde ele usa a jaqueta inclusive:

Um internauta comentou: “Que diabos é isso??? Tenho o maior ódio por esta palavra pra ela ser jogada como se não significasse nada, ainda cobrem toda uma jaqueta? Melhorem, Diesel”. Outros ainda pediram pra que a Diesel retirasse as peças de cirulação e pedisse desculpas oficialmente.

Após a repercussão, a Diesel veio a público e afirmou em nota:

“Nosso intuito sempre foi desempoderar atos de ódio e manifestações negativas. Cada indivíduo se relacionou a campanha de uma maneira pessoal. A intenção foi trazer conscientização as questões, com cada um escolhendo uma expressão que o atinge e gostaria de vestir de maneira empoderada, levando a uma ressignificação da sentença”.

E continuou: “Juntos, Diesel e Tommy Dorfman usam suas plataformas para desempoderar o ódio e mostrar que quanto mais você vestir isso, menos vão te atingir e você se importar.”

Vale ressaltar que os lucros da coleção beneficiarão ONGs LGBTs que ajudam jovens expulsos de casa.

A Diesel ainda explicou que “A campanha começou com as palavras de ódio sendo expostas. Estamos trabalhando com influenciadores que recebem estas mensagens de ódio para mostrar que quanto mais receberem e expuserem isso, mais os odiadores perderão seu poder de atingí-los”.

Polêmico, né? E você, usaria uma jaqueta dessas? O que achou da ideia da coleção? Comenta aqui embaixo!

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).