Imagens de vídeos flagraram um grupo de homens tirando sarro e proferindo mensagens homofóbicas e transfóbicas em um trem lotado em Londres, segundo informou o Pink News.

A atriz Josie Kemp estava em um dos vagões indo para Banbury de London Marylebone na noite de sábado quando o grupo embarcou e começou a tirar sarro de sotaques indianos em frente a um homem indiano.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“E assim que o trem saiu da plataforma, os homens começaram um canto sexista”, descreveu ela no YouTube. E continuou: “Quando a senhora à minha frente se levantou e pediu que se calassem dizendo que seu comportamento era inaceitável, eles simplesmente acharam isso hilário.”

O vídeo mostra uma mulher perguntando ao grupo: “Você tem alguma ideia de quão ofensivo você é?” e questionando se elas usariam essa linguagem na frente de uma parceira ou parente. Sorrindo, os membros do grupo, que parecem estar bebendo latas de cidra e coquetéis pré-misturados, disseram: “Não se importe.”

VEJA TAMBÉM:  Militante trans é sequestrada e torturada em São Paulo: "Disseram que eu seria um recado pra todos"

Kemp estava viajando com sua namorada Lauren Soley, que disse ao PinkNews que o grupo “passou a ser homofóbico e transfóbico, brincando sobre o fato de estarmos em um relacionamento do mesmo sexo”.

“Quando me sentei, um cara gritou ‘Eugh, porra de lésbicas'”, disse Soley. Foi quando um dos homens ainda disse ironicamente: “Eu poderia ser gay pelo que você sabe, então não me chame de homofóbico”. Em resposta, Soley disse: “Eu o apoiaria se você fosse, e tenho certeza que seus amigos o apoiariam”.

Quando foi sugerido que os homens estavam sendo “racistas e sexistas”, eles apontaram que aquele do grupo (invisível) é negro. Soley disse que ele era de fato branco.

VEJA TAMBÉM:  Dono da maior sauna gay do Brasil declara apoio a Bolsonaro; veja outras opções de sauna pra ir

“Nós não somos racistas. Nós não somos sexistas “, vários membros interferem. Um acrescentou: “Ele é um transgênero, identifica-se como homem e mulher [sic]”. Kemp acrescentou que o grupo “achou isso hilário”. Soley disse que o mesmo homem mais tarde afirmou se identificar “como uma lâmpada”.

“É deprimente que pessoas como essa existam, mas é mais doloroso saber que elas podem se safar”, disse Kemp sobre o acontecido.

“O cara sentado ao meu lado era da Índia, conversamos quando os homens deixaram o trem e me disseram que, quando eles entraram no trem e imitavam e zombavam de um sotaque indiano, ele se sentia extremamente desconfortável”.

“Não está certo! Não é engraçado, não está bem. Sexista. Homofóbico. Racista. Pessoas transfóbicas, fugindo do ódio. Não devemos defender isso.”

VEJA TAMBÉM:  Centenas comparecem ao funeral de garoto de 10 anos morto por ser gay

A Chiltern Railways, que operava o serviço, avisou que “não tolera esse tipo de comportamento” e incentivou as pessoas a denunciar incidentes semelhantes à Polícia Britânica de Transportes (BTP) enviando uma mensagem de texto para 61016.

Assista abaixo ao vídeo que registrou o momento:

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).